• RX Portugal

Castelo Branco recebe última ronda do RX Portugal by Diatosta

O circuito albicastrense vai ser palco das derradeiras decisões do Campeonato de Portugal de Ralicross by Diatosta.


Com os títulos da Super Cars, Super 1600 e Nacional 1.6 já decididos na pretérita jornada no Eurocircuito de Lousada, as atenções do Campeonato de Portugal de Ralicross by Diatosta recaem sobre as restantes categorias, não estivessem as coroas de 2021 todas ainda por distribuir.



No que toca às 2 Rodas Motrizes, é esperado animado despique, não fossem quatro os pilotos com possibilidades matemáticas de chegar ao título. Adão Pinto tem-se mostrado muito forte desde a terceira ronda do ano, mas a Campeã em título Andreia Sousa não tem dado tréguas. É certo que conta apenas com uma vitória em Finais este ano, mas a piloto tem sido muito regular, o que lhe permite estar a 37 pontos da frente, 18 descontado, como manda o regulamento, o pior resultado do ano. A estes dois juntam-se ainda Celmo Guicho, o primeiro vencedor da temporada, e Luís Carvalho, este último com contas mais complicadas para chegar ao título.


Enquanto isso, nos Iniciados o duelo pela glória será a dois. Rafael Rêgo começou o ano muito forte, com três plenos consecutivos, mas apesar de uma ligeira perda de prestação, nunca viu a liderança colocada em risco, ainda para mais depois de ter voltado a garantir a pontuação máxima na última visita a Lousada. Um nível de rendimento que lhe dá uma margem de 18 pontos sobre Gonçalo Novo, uma diferença que aumenta para 22 quando descontados os piores resultados de ambos. Intervalo que obriga Novo a uma prestação exímia, mas que o deixa também muito dependente do que que fizer o dominador Rêgo.


Já na Super Car, e com Jorge Lameiro a ter garantido a revalidação do ceptro na última ronda, os olhos vão agora centrar-se no embate pela segunda posição, com Oscar Ortefeldt, que ficou a zeros em três jornadas devido ao aparatoso acidente em Sever do Vouga, a acabar por estar em vantagem clara face a Joaquim Santos quando retirados os piores resultados de ambos.


Embate que promete oferecer muita animação, como é já usual, é o dos Super 1600. É certo que João Ribeiro vai cumprir calendário depois da conquista antecipada do título em Lousada, mas com quatro pilotos em luta pelo vice-Campeonato, são mais que muitos os motivos de interesse, ainda para mais quando se tem em conta que, deduzindo os piores resultados, a diferença entre o quarteto composto por Jorge Machado, Mário Barbosa, Joaquim Machado e André Sousa é de apenas 14 pontos.


Enquanto isso, a Nacional 1.6, também ela já decidida a favor de André Ferreira, conta com cinco pilotos com aspirações à segunda posição final. Leandro Macedo, Jorge Costela, Telmo Costa, Pedro Rocha e Rafael Rocha estão separados por 32 pontos, quando descontados os piores resultados de cada um. O que faz com que, com um total de 48 pontos ainda em jogo, qualquer um possa chegar ao vice, se bem que para uma boa prestação poderá não chegar e poderá ser necessário o desaire de algum deles. Ainda assim, Macedo e Costela são os que se encontram melhor colocados neste particular, com apenas 12 pontos de intervalo entre ambos.


Diferente é a situação no Campeonato de Portugal de Kartcross by Diatosta. O Campeão em título Jorge Gonzaga lidera e tem tudo para a revalidação, mas Alexandre Borges terá importante palavra a dizer. De momento, a diferença entre ambos é de 17 pontos, 13 quando retirados os piores resultados, mas tanto um, como o outro, têm também de contar com os intentos de Luís Almeida, Pedro Rosário e Rui Nunes, todos eles com possibilidades matemáticas de chegarem ao título. Contudo, qualquer um destes três sabe que para tal não basta a vitória, mas é também necessária uma prestação muito fraca dos dois primeiros.


A fechar o Troféu Júnior de Kartcross by Diatosta, onde são cinco os jovens pilotos que podem chegar à glória. Ainda assim, a vantagem está claramente do lado de Hugo Bueno, não tivesse ele assinado a vitória em todas as rondas disputadas até ao momento. Um domínio que faz com que o mais certo seja assistir-se a animado despique entre Yésica Lorenzo e Guilherme Matos pela segunda posição absoluta.

375 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
1/12