1/10
  • RX Portugal

Acção de regresso em Mação

O Circuito de Mação marca o final das férias de Verão do RX Portugal by Transwhite com aquela que é a segunda visita do Campeonato ao traçado.



O Campeonato de Portugal de Ralicross vai entrar na fase decisiva já neste fim-de-semana de 3 e 4 de Setembro, com o regresso da acção à pista com a segunda visita ao Circuito de Mação. Se no Kartcross e nos Super Cars as lideranças estão bem destacadas e os títulos muito perto de serem assegurados, o mesmo não se pode dizer das restantes categorias, com as diferenças pontuais, em alguns casos, a serem tão curtas que um contratempo em Mação pode dar a conhecer novo líder.


Já com os resultados da segunda visita a Montalegre, a última antes da paragem para as férias, devidamente homologados, Joca Gonzaga é ainda mais líder no que respeita ao Campeonato de Portugal de Kartcross by Transwhite, agora com 37 pontos de margem sobre Alexandre Borges, que logrou subir uma posição por troca com Pedro Rosário após a ronda em Terras do Barroso.


Agora, de regresso ao Centro do País, pilotos e máquinas voltam a degladiar-se, com estes três a serem os nomes em destaque. O líder e Campeão em título arrecadou o máximo de pontos nas Qualificações e a melhor volta na Final, enquanto Borges assinou a pole position e Rosário foi o grande vencedor da Final no que foi uma jornada de resultados repartidos. Quatro meses volvidos, é chegada a altura de ver se o desfecho será semelhante ou se, pelo contrário, algum deles se impõe aos demais ou se outro nome se apresenta mais revigorado após as férias.


Enquanto isso, na categoria mais disputada do Ralicross nacional, a Super 1.600, os três primeiros mantêm-se inalterados agora que foram oficializados os resultados de Montalegre, se bem que a classificação da Final não foi considerada por decisão do CCD. Ainda assim, e apesar da ordem do trio da frente ser a mesma, as diferenças entre eles são agora mais curtas.


Joaquim Machado continua a correr com um alvo nas costas, mas neste momento com apenas nove pontos de margem sobre Mário Barbosa, que antes de Montalegre estava a uns mais distantes 16 pontos. Logo atrás, e bem mais perto de Barbosa, a apenas dois pontos contra os anteriores quarto, surge Jorge Machado. Margens muito curtas que atestam bem o elevado nível de competitividade da Super 1.600 neste RX Portugal by Transwhite de 2022.


Um pouco mais atrás, em quarto, e a recuperar terreno, apresenta-se Leonel Sampaio, que converteu os três pontos de atraso que tinha para Hélder Ribeiro em 16 de vantagem após a visita a Montalegre. Um duelo para acompanhar também com alguma atenção em Mação para ver qual dos dois se destaca.


Categoria que se apresenta absolutamente ao rubro em Mação é 2 Rodas Motrizes. Bruno Campos surge na frente da tabela pontual, tal como já o havia feito à partida da quarta jornada, mas desta feita com um mero ponto de margem para Adão Pinto. O Campeão em título tem-se deparado com alguns contratempos ao longo do ano, mas está muito competitivo e nunca perdeu de vista o objectivo da época, pelo que é de esperar mais um animado duelo na pista mais austral do RX Portugal by Transwhite. Atrás dele, a 31 pontos de distância, surge Andreia Sousa. A piloto mantém a terceira posição da geral desde a segunda jornada, sempre com Nuno Queirós como mais directo perseguidor. Um particular para acompanhar.


Já na Nacional 1.6 Ricardo Costa continua a ser o homem a bater, com 28 pontos de vantagem sobre Telmo Costa, enquanto Pedro Rocha segue em terceiro, a 12 pontos daquele que é até ao momento o intermédio do pódio.


Enquanto isso, nos Super Cars, José Oliveira continua a caminhada rumo ao título completamente isolado na frente da classificação. Já com 61 pontos de margem sobre os demais, o tempo começa a escassear para que alguém lhe possa roubar a coroa no final da época. Algo que já só pode ser feito por Oscar Ortfeldt.


No que toca aos mais novos dos Iniciados, Duarte Camelo volta a surgir como o líder, neste momento com dez pontos de vantagem sobre Guilher Nunes, enquanto Gonçalo Rocha é terceiro, a mais 14 pontos, e com Rafaela Barbosa a fechar a lista a mais 20 pontos de distância. A categoria tem-se mostrado muito disputada, com os jovens pilotos a levarem muito sangue na guelra para a pista, fazendo deste um despique sempre muito antecipado. Mação não será diferente e uma vitória de Barbosa traria ainda mais emoção à competição.


Finalmente, o Trofeu Júnior de Kartcross by Transwhite, que leva a cabo a primeira visita do ano ao Circuito de Mação. Guilherme Matos chega como líder, com mais dez pontos que Gustavo Henriques, enquanto Yésica Lorenzo segue em terceiro lugar, a quatro pontos de distância, e com João Diniz colado a apenas um ponto. Margens muito curtas que deixam antever mais um emocionante duelo.


Como tem sido tradição nesta temporada, a acção tem início na tarde de sábado, 3 de Setembro, com os Treinos Livres a partir das 14 horas e os Cronometrados pelas 15h25. O dia termina com a primeira Corrida de Qualificação a partir das 17 horas. Domingo concentra a maior parte dos embates, com o Warm Up logo pelas 08h30, seguindo-se a Qualificação 2 a partir das 09h35 e a Qualificação 3 pelas 11h10. As Meias-Finais arrancam às 14h00, com as Finais marcadas para as 15h30. Tal como na primeira visita ao traçado, o programa conta ainda com o PopCross 2CV como prova de suporte.

224 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo